Bolsonaro deixa votação do Estatuto do Desarmamento para 2019

Brasil | 05 de Novembro de 2018

O deputado federal Rogério Peninha Mendonça (MDB-SC) afirmou nas redes sociais que recebeu uma ligação de Jair Bolsonaro pedindo para deixar para 2019 o projeto de lei de sua autoria que revoga o Estatuto do Desarmamento.



“Se forçássemos a barra para votar esse ano, haveria risco de a proposta ser rejeitada – e um trabalho de 6 anos iria pelo ralo. A composição do novo Congresso é mais conservadora. Com os novos deputados, as chances de aprovarmos o PL 3722 são bem maiores.



Bolsonaro disse que precisará de mim para fazer o meio de campo entre o governo e a bancada do MDB em votações importantes a partir de 2019. É com alegria – e sabendo do peso que esta responsabilidade traz – que aceito a missão.”

• Fonte: O Antagonista


Acidente fatal - Máquina tomba e operador infelizmente não sobrevive

Facebook

©Copyright 2018 - Todos direitos reservados a Rondônia Geral

O site não se responsabiliza por conceitos emitidos nos artigos e nas colunas assinadas e também pelo conteúdo dos anúcios de terceiros.